chá de sumiço

Faz tempo que não escrevo aqui. Seis meses. Tempo demais.

O ritmo mais lento começou com a chegada do Felipe em 2011, mas a coisa desandou mesmo em setembro de 2013, um mês cheio de casamentos lindos e posts que ficaram dentro da minha cabeça. Fui publicando o que conseguia, mas cada vez mais atrasada. Até que chegaram as férias de julho deste ano e não publiquei mais nada.

Simplesmente não há horas suficientes no dia para fazer tudo o que quero. O filhote já vai pra escola, mas são apenas 4 horas no dia — as horas em que me dedico à edição de fotos e álbuns, cuido de contratos, contas, emails, tudo! — e estou com sorte se ele não pegar um resfriado e precisar ficar em casa. Nas outras horas do dia a gente vai fazendo o que dá, do jeito que dá. E o blog caiu na categoria ‘não dá’, porque pra cada post vai-se um manhã de trabalho.

E as coisas mudaram um pouco, né? Tem o facebook, tem o instagram, tem os muitos blogs profissionais que publicam nosso trabalho lindamente. Não tinha nada disso quando comecei isso aqui. Este espaço era uma das poucas oportunidades de mostrar meu trabalho e conversar com as pessoas. E eu quero muito que a conversa continue, então pra quem me lia por aqui, convido para me encontrar na fanpage e no instagram (a fanpage tem as últimas novidades do trabalho e o insta tem tudo um pouco misturado — viagens, trabalho, cotidiano, essa mistura deliciosa chamada vida). Prometo que não vou tomar chá de sumiço por lá também (pelo menos por enquanto).

Não que eu não vá sentir saudade desse espaço aqui, mas do jeito como eu não vinha publicando, eu já sentia saudades e uma tremenda frustração, aquela sensação ruim de deixar as coisas mal feitas ou inacabadas. Faz meses que pensava no que fazer a respeito, e finalmente concluí que era melhor me despedir e convidar para outros encontros do que deixar o blog em aberto.

Talvez tenha outro blog no futuro — ligado ao meu site, quem sabe. Por ora meu muito obrigado a quem veio aqui me ler e ver minhas fotos nesse tempo todo. A vida é feita de ciclos, esse termina aqui.

E pra encerrar, uma foto despretensiosa e cheia de amor, que é o que importa nessa vida. Eu e meu filhote — que se nega a ser fotografado, veja a ironia — no alto do Pão de Açúcar no Natal. Feliz 2015 com muito amor e alegria.

IMG_9240

rachel + michel • galiileu

Lá de onde eu venho, no sul, quando a gente conhece alguém doce, simpática, gentil, dizemos que é “uma querida”, mesmo que a gente conheça pouco a pessoa. Querida também é aquela a quem se quer bem. Pois, pra mim,  Rachel é uma querida, nos dois sentidos da palavra. Nos conhecemos há alguns anos, mas quis o destino mudar planos e só fomos nos reencontrar agora. Eu já tinha um carinho enorme por essa pessoa tão alegre, que acompanhava meu trabalho há tanto tempo, mas a energia que senti quando a encontrei no hotel me deu um grande frio na barriga, uma sensação de que a minha responsabilidade de documentar esse momento era ainda maior do que todas as outras vezes. Ri muito, me entusiasmei, me emocionei. E acredito de verdade que não foi por acaso que o sol apareceu minutos antes do ritual começar.

buquê noiva sapato noiva noiva noiva fotografia Daniela Picoral noiva fotografia Daniela Picoral casamento fotografia Daniela Picoral casamento fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral casamento Espaço Galiileu fotografia Daniela Picoral

natalia + cassiano • leopolldo

Leve, gostoso, divertido, bonito. Esse foi um casamento tão gostoso de fotografar que me senti ganhando um presente.  Engraçado é que eu só fui conhecer a Natalia uma semana antes do casamento… Sempre fiquei meio receosa quando a noiva me escolhe pela indicação da assessoria e pelo trabalho online, sem conversar pessoalmente — vai que a gente não tem nenhuma empatia? — mas dessa vez fiquei pensando que talvez essa seja uma maneira infalível… Nada pode me representar melhor do que minhas fotografias, então, se elas falam ao coração da noiva, o que pode ser mais certeiro?

[Uma assessoria que entenda a noiva também não faz mal nenhum… só tenho a agradecer mais uma vez às meninas da Happiness o presente em forma de noiva  — e a lindeza em forma de festa!]

vestido de noiva buquê fotografia Daniela Picoral noiva fotografia Daniela Picoral noiva fotografia Daniela Picoral noiva fotografia Daniela Picoral noiva fotografia Daniela Picoral noiva fotografia Daniela Picoral daminha Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral daminha Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral noivos Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral 10 daminha Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral noivos Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral noivos Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral noivos Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral daminha Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral daminha Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral casamento Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral casamento Basílica Nossa Senhora do Carmo fotografia Daniela Picoral 19 casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral casamento Leopolldo fotografia Daniela Picoral

larissa + gian • contemporâneo

Volta e meia algum amigo me pergunta se não cansei de fotografar casamentos “porque eles são todos iguais”. Eu sempre dou risada disso, porque a verdade é que nenhum casamento é igual ao outro, jamais. Claro que há a tradição, os rituais, mas a história dos noivos é sempre o mais importante. Casamentos tem a personalidade do casal e é no detalhe que mora a diversão do fotógrafo.

E quais foram os detalhes mais bacanas desse casamento? Eu amei a boca vermelha da noiva, o noivo de terno Alexandre Won, a irmã caçula que foi daminha, as luzinhas da cerimônia e, mais que tudo, os carinhos e beijos que esse casal tímido trocou durante a festa (pensando que ninguém estava olhando, talvez?). Como é lindo o amor, do jeito que for.

01 02 03 05 06 04 07 08 10 11 12 13 14 15 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37´ 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52• cerimônia e festa no Contemporâneo , tudo organizado pela Camila Relva, da Compagnie. Make up e cabelo por Ed Oliveira.

marília + everton • brasil + lodutti

Adorável. Não consigo pensar em um adjetivo melhor para falar dessa noiva tão querida. A gente se conheceu porque outra querida trouxe ela aqui, a Camila Relva da Compagnie, e creio que ela não tenha noção do presente que me deu. Porque eu amo fotografar qualquer casal apaixonado, mas algumas histórias são incrivelmente especiais, e há pessoas que  tem o poder de nos fazer um bem que elas nem imaginam. A Marília é assim, um pontinho de luz a alegrar quem está por perto, e esse casamento renovou minha vontade de contar histórias de amor.  Fiquei feliz demais por ter feito parte de uma história tão linda, delicada e verdadeira.

02 fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasilfotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasilfotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia de casamento Igreja Nossa Senhora do Brasil fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Loduttifotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti fotografia casamento Lodutti 49 fotografia casamento Loduttifotografia casamento Lodutti fotografia casamento Loduttifotografia casamento Lodutti• O casamento foi na Igreja Nossa Senhora do Brasil, a festa no Lodutti decorado pela Boutique de Cena. O lindo vestido foi feito por Danielle Benício.

catarina + mateus • fazenda vila rica

Eu sempre publiquei os casamentos em ordem, mas estou tão apaixonada por este trabalho (que está a caminho da noiva em uma caixinha) que quebrei minhas próprias regras e parei tudo o que estava fazendo para não perder meu entusiasmo. Talvez o post tenha ficado um pouco grande por causa disso, mas não consegui me conter, esse casamento tem tudo do que a gente mais gosta: um lugar lindo e perfeitamente decorado, aquela luz maravilhosa e um casal apaixonado. Não bastasse isso, 11 daminhas e pajens enfeitando o altar, votos escritos pelos noivos fazendo muita gente chorar e uma primeira dança com a coreografia de Dirty Dancing. Dá para não se entusiasmar?

01 02 03 04 05 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87

isabel + eduardo • bar des arts

Tenho postado bem menos do que eu gostaria, não por falta de material, por falta de tempo. A vida muda e, embora eu continue me dedicando intensamente ao trabalho que amo, há quase 2 anos minha vida ganhou um novo foco, o pequeno-grande bagunceiro Felipe. Agora eu divido meu tempo entre ele — dono das minhas manhãs — e tudo mais. A fotografia ocupa um grande espaço deste “tudo mais” e, entre edições, álbuns, atendimentos, burocracias, a gente vai tentando descobrir como melhor organizar a vida. E vai descobrindo novos pontos de vista e novas paixões.

Uma das minhas novas descobertas é um novo olhar sobre meu próprio trabalho. E tem a ver diretamente com esse novo amor na vida, esse aprendizado constante do que é ser mãe, do que é amar e cuidar de uma pequena pessoa que todo dia te surpreende. Eu sempre me emocionei nos casamentos, mas acho que antes eu prestava mais atenção aos atores principais. Desde que Felipe nasceu, passei a me envolver mais com as reações dos pais. Ainda choro com votos lindos, com a história dos noivos, mas não posso ver uma mãe ou pai emocionados que o olho enche d’água e o coração bate mais forte! Os pais, a família, todos já estavam lá nas minhas fotos, faziam parte da história contada, mas não tinham a mesma dimensão que tem hoje para mim.

Foi sobre isso que fiquei pensando enquanto editava as fotos deste casamento. Há muito tempo sei que é especial celebrar ao lado das pessoas que amamos, mas agora eu olho com mais carinho para os “coadjuvantes”. Pais, tias, primos, amigos… A família em que nascemos e a família que escolhemos. Ah, e o cachorro, ele é da família também!
fotografia casamento daniela picoral 020082-9212 030162-4802 040171-9496 050192-9580 060201-9627 070203-9637 080206-0908 090208-4915 100229-0920 11entrada 120250-9776 130266-9831 140275-5029 150280-1031 160290-9877 170306-9891 180308-9898 190347-5159 200352-1211 210356-5195 220431-9928 23saida 240524-5451 250543-0349 260546-9468 270550-0375 280574-1467 290581-0450 30pais 310611-9582 320635-5514 33cabine 340682-1534 350720-5763 360734-1593 370737-5816 380738-5819 390739-5829 400741-5841 410742-5845 420743-5860 430744-1604 440820-6147 450831-6159