voando numa latinha

As coisas que a gente não faz para fotografar… Eu não morro de medo de voar mas também não posso dizer que adoro. O que me faz crer que eu só volto pra Morro de São Paulo se for para fotografar outro belo casamento. Explico: ao longo da minha carreira como fotógrafa editorial, viajei em todo tipo de avião, de jatinho executivo a um bimotor com goteira quando fui pra Amazônia. Ou assim eu pensava. Foi com uma certa surpresa que descobri que em Salvador o termo “táxi-aéreo” se referia a um avião muito pequeno (oito passageiros), bem antigo, muito quente e extremamente barulhento! Foram só 20 minutos, mas do jeito que o avião balançava no retorno a Salvador, foram 20 minutos beeem longos! De certa forma foi esclarecedor, finalmente entendi porque existe uma marca de manteiga que se chama Aviação e vem numa latinha. Deve ter sido inspirada na manteigueira voadora!

caixadelata

8 ideias sobre “voando numa latinha

  1. Renata Fernanda

    Daniela, acredito que deve ter sido melhor a latinha voadora do que o catamarã assassino que nos leva e traz de Morro de São Paulo para Salvador. O lugar é lindo, não há dúvidas. Mas, depois daquele barco… nunca mais volto lá. Rs…

    Resposta
  2. Daniela Picoral Autor do post

    Renata, você tem razão. As histórias que ouvi do tal catamarã são realmente de arrepiar!

    Resposta
  3. Silvia

    Oi Dani, que bom que você também sobreviveu à latinha quentinha e apertadinha, ufa!!!!rs rs rs Quase desisto de tanto calor no domingo às 10h…
    Só pela Mamá e para a Mamá!!!
    Adorei a comemoração final!
    Virei sua fã!
    beijos e até…

    Resposta
  4. Brenda Nepomuceno

    Oi Daniela!

    Acabei de descobrir seu blog e achei o máximo!
    Amei todas as fotos, tudo o que você escreveu… E acho que fiquei ainda MAIS interessada em fotografia. Estou em fase de decisão quanto a o que fazer da vida, e fotografia sempre pareceu uma boa idéia. Nunca pensei que eu diria isso, mas você faz tirar fotos de casamento parecer tão legal! E, pensando bem, deve ser MESMO, né?

    Parabéns belo blog, e parabéns pelas fotos!

    Resposta
  5. Daniela Picoral Autor do post

    Brenda, obrigada pelos elogios. É emocionante descobrir que a gente consegue inspirar outras pessoas! Essa idéia de que fotografia de casamento é uma coisa chata ainda é muito forte aqui no Brasil. Eu também pensava que nem você até descobrir como pode ser legal. De qualquer forma, estudar fotografia é muito interessante porque tem um monte de áreas diferentes de atuação… é um mundo a se descobrir!

    Resposta
  6. rossana

    Dani, adoro simplesmente a mantega aviação! rsrsrs

    Mas que enfrentamos situações loucas nestes momentos, também sou prova disso.
    O bom é que passada a loucura, o resultado final é tão belo, que sempre vale à pena!

    Resposta
  7. kikks

    Dani, saudades… Aqui o sol começa a dar as caras e os dias ficam mais longos. Bom saber que vc e Gui sobreviveram e que o casamento foi belo. Espero fotos da Marcia e do Lucca (que coisa boa demais saber que foi o seu olhar que me dará as imagens de amigos tão queridos) beijos beijos

    Resposta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s