workflow

Quer saber como é o dia-a-dia de um fotógrafo de casamento? Puro glamour…NOT! É verdade que a gente ama o que faz, que eu me divirto bastante quando estou fotografando, mas engana-se muito quem pensa que a gente só trabalha na sexta e no sábado (e não é pouca gente que pensa assim, outro dia meu pai esteve aqui em SP me visitando e ficou impressionado com a nossa rotina de trabalho durante a semana).

Grande parte do meu tempo é gasta respondendo emails com solicitações de orçamento, esclarecendo dúvidas, preparando orçamentos, revisando contratos, controlando a planilha de pagamentos a receber, pagando fornecedores, ou seja, toda a parte burocrática que qualquer empresa tem. Sorte a minha que eu sou organizada, porque se eu dependesse do Gui para cuidar disso… estava perdida! Em compensação, ele edita e trata nosso material como ninguém. Explico aos leigos em fotografia: todas as nossas fotos digitais são obtidas em arquivo RAW, um arquivo que exige que a gente trate todas as imagens para  cor e contraste. Dá uma trabalheira danada – que antes era feita pelo laboratório na época do filme – mas o RAW nos dá muito mais controle e flexibilidade para que a gente obtenha bons resultados finais. Além das imagens digitais, eu fotografo em filme preto-e-branco, então o Gui revela em nosso laboratório em casa e depois digitaliza tudo aqui no estúdio. Eu olho todas as fotos antes de gerar os arquivos em JPG, que é o que os noivos irão receber. Se eu achar que não precisa refazer nada, geramos os jpgs, gravamos o DVD dos clientes e o DVD de back up. Se os noivos tiverem optado por ter todas as fotos impressas, eu envio os arquivos para o laboratório e depois confiro se as cópias chegaram aqui direitinho

Eu mencionei que antes de tudo isso a gente grava um back up assim que baixamos as fotos no computador?

Claro que as coisas não param por aí. Em meio ao trabalho com as fotos da semana, há a produção de álbuns. A gente edita e diagrama uma sugestão de álbum a partir das fotos escolhidas pelos noivos e então marcamos uma reunião para discutir essa edição. Essa é só uma das reuniões da semana, pois sempre há as reuniões para a apresentação do portfolio e das opções de álbuns para os potenciais clientes.

É por isso que tenho por limite 36 casamentos ao ano. Este ano fotografamos 34. Acreditamos que esse é o limite para que a gente possa continuar fazendo um trabalho personalizado e de qualidade. Nunca tive a intenção de ter uma empresa enorme, com várias equipes de fotógrafos. Temos uma assistente para nos ajudar com esse dia-a-dia, mas crescer demais implica em falta de tempo para controlar os resultados finais e isso não me interessa. Admito, sou meio control freak, mas se eu não me preocupar com os detalhes, quem vai garantir a qualidade?

Hoje, quando alguém contrata o trabalho de Daniela Picoral, contrata Daniela+Guilherme e não Daniela+1. Nós nos completamos, ele fotografando de um jeito e eu de outro, mas você dificilmente vai saber a diferença, porque é o todo que importa. E cada vez que ele faz uma foto que eu gostaria de ter feito… Bom, isso faz meu instinto competitivo acordar! Sempre em busca da próxima melhor foto de todos os tempos. A troca de idéias é fundamental e um alimenta o outro nessa vontade de superação.

E não adianta me ligar na segunda-feira de manhã. Pra quem trabalhou 12 horas no sábado, a manhã de segunda é quase como a de um domingo, só um pouco (bem) mais barulhenta.

17 ideias sobre “workflow

  1. Stéphanie Nascimento

    Está explicado tamanha qualidade nas suas fotos! Parabéns! Admiro seu trabalho desde que você fez o casamento de uma amiga minha, a Sílvia . Acompanho seu blog e twitter e sempre tem ótimos textos e fotos maravilhosas. Sou apaixonada por fotografia e estudante de jornalismo. Parabéns e sucesso!

    Um beijo,
    Stéphanie.

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Obrigada, pelo elogio e por ter lido o post até o fim. Ficou grande, mas achei que valia a pena explicar melhor o que a gente faz. Volte sempre. beijo

      Resposta
  2. Gisela

    Eu estou cada dia mais apaixonada,vamos dizer verdade viciada pela fotografia,ainda não cheguei nesse patamar de vcs,mas estou lutando,estudando,e batalhando para chegar lá.
    Bj

    Resposta
  3. Ariane

    nossa…
    Sabe que eu pensava assim msm…Deve ser otimo fotografar noivas lindas, festas lindas..Momentos unicos..Mas nem imaginava a trabalheira que dá o antes e o depois disso td..
    Mas deve ser td perfeito mesmo pq depois de ler todo esse trabalho tenho certeza que seu trabalho e lindo…

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Ariane, é ótimo mesmo! É sempre assim, tem algumas profissões que a gente acha que é só glamour! Eu mesma pensava assim quando estudava jornalismo, achava ser jornalista a coisa mais cool do mundo! Aí entrei numa redação e aos poucos o deslumbramento foi ficando mais equilibrado. Cada profissão tem as suas dificuldades e satisfações…

      Resposta
  4. Machado Aline

    adorei esse post! descreve super bem a rotina e desmistifica o fato de que fotografo de evento só trabalha fim de semana e de segunda a sexta vai à praia!!
    de todas essas etapas a que mais gosto é fotografar mesmo.
    beijo grande

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Eu também, mas descobri também o talento para a conversa com as minhas noivas. Acho que se a gente detestar uma parte do processo, acaba não dando certo. Muita gente começa a fotografar casamento achando que vai trabalhar só no fim de semana e depois descobre isso tudo que eu contei e aí desiste.

      Resposta
  5. Marina

    Daniela parabéns pelo seu trabalho…vc fez mkt tb? Pq seu blog é seu melhor marketing. Eu ainda não me casei, não faço fotografia, sou apenas uma curiosa que acha lindo fotos de casamento e achei seu blog por acaso. Todas as vezes que recebo uma atualização envio para várias amigas e passamos o dia comentando fotos, seu trabalho, enfim, dá pano pra manga…rs. Eu tenho um salão que alugamos para casamento, e vejo nos bastidores o trabalho de cada um, inclusive de fotógrafos e confesso que não conheço ainda nenhum tão profissional como você! Parabéns!

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Oi, Marina, obrigada! Nunca estudei marketing, fiz jornalismo. Fico feliz que as pessoas consigam perceber a nossa dedicação nas nossas fotos e nos meus textos. A verdade é que vem tudo do coração, a gente realmente ADORA o que faz.

      Resposta
  6. rossana

    Juntando tudo isto que a Dani comentou com a necessidade de equipamentos de qualidade e com a manutenção destes, temos ideia dos custos envolvidos para um belo serviço de fotos.

    Algo importante que é bom deixar claro, a Dani e o Gui respeitam o trabalho dos demais profissionais envolvidos no casamento. Aqui falo de minha experiência mesmo como assessora. Estou cansada de ver fotógrafos que ignoram o nosso trabalho.

    Parabéns, Dani e Gui!
    Beijos,

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Coisa que parece impensável, um profissional de fotografia ou vídeo não respeitar o trabalho de uma boa assessora. O trabalho de vocês é fundamental e, quando bem feito, facilita a vida de todo mundo! O seu é sempre bem-feito, né? 🙂

      Resposta
  7. Renata Domingos

    Daniela e Guilherme… fico muito feliz de vocês serem os fotógrafos do meu casamento. Entro sempre aqui e estou cada dia mais apaixonada pelo trabalho de vocês e mais certa de que fiz a melhor escolha!!

    Já te disse que às vezes dá vontade de casar amanhã só para vocês me fotografarem… mas ainda tenho muito chão pela frente!

    Parabéns pelo post! e.. ah! eu sou daquelas que AMO fotografia, mas entendo que esse trabalho é complexo e trabalhoso… então me mantenho como uma amadora feliz!! hahaha

    beijinhos

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Renata, será um prazer imenso fotografar seu casamento! Não se preocupe, seu dia vai chegar mais rápido do que você imagina, então curta bastante a fase dos preparativos. Quanto à fotografia, tenho um amigo que é professor de fotografia, sabe tudo de estúdio e luz, mas se diz um amador, que é para não perder o prazer em fotografar por prazer!

      Resposta
  8. Patricia Barcelos

    Oi Daniela.
    Adorei achar esse blog, não a conhecia.
    Gostei muito do texto.Realmente todo mundo acha que a gente trabalha só de Sábado.
    Comecei a fotografar em pb, mas depois que entrei no mercado de casamentos só digital, tenho muita vontade de levar uma analógica a tiraco-lo para fazer umas fotos pb.
    Mas não tenho laboratório, alguma dica aqui em Sampa?
    Abraços!
    (:

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Oi, Patrícia! Que bom que você curtiu o blog. Volte sempre!
      Tem um laboratorista que eu curto bastante que é o João lá da Galeria Íma na Fradique Coutinho.

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s