miopia

Eu tenho um trabalho com flores que se chama Miopia. Pouca gente entende. Ou nem se ligam no nome e já dizem que ele é muito “decorativo” ou acham lindo mas com um título nada a ver. Ele é mesmo bonito — gosto de imagens bonitas — mas ele também é um exercício de fotografar da maneira como meu olho míope vê. Muito de perto e com uma profundidade de campo bem curta. Todo ano meu oftalmologista me pergunta se eu não gostaria de operar e todo ano eu respondo que eu gosto do jeito que eu vejo o mundo. Tenho minha própria lupa. E para todos os outros momentos, óculos e lentes de contato.

Essa não é uma imagem da série Miopia, mas é com flores, tem um desfoque que eu amo e faz sonhar com dias tranquilos e felizes.

8 ideias sobre “miopia

  1. Fernando Cândido

    Olá Daniela, gostei muito da sua definição poética de miopia. Sou fotógrafo e também convivo com esse “desfoque”. Seu texto me fez repensar sobre a cirugia que venho planejando.

    Grande abraço,

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Fernando, você é míope há muito tempo? Eu sou medrosa de cirurgia mas também acho que se eu operasse perderia uma parte importante da minha identidade, pois eu uso óculos desde os 6 anos de idade. Claro que também não é algo que me incomode hoje em dia (usar óculos) mas certamente o meu eu adolescente discordaria… Tenho amigos que fizeram a cirurgia e ficaram bem felizes… Coisas para pensar…

      Resposta
  2. Jessica

    Olá Daniela!
    Há algum tempo acompanho seu blog. Parabéns pelo trabalho que faz!
    Sonho em trabalhar em fotografia e sou miope também rs.
    Exise algum link onde possamos ver esse trabalho “miopia”? Pelo texto que você escreveu, fiquei curiosa pra ver.
    Abraços🙂

    Resposta
    1. Daniela Picoral Autor do post

      Oi, Jessica, esse trabalho está no meu flickr, mas no computador ele fica muito pequeno, impresso ele ´bem grande e aí o desfoque fica mais evidente…

      Resposta
  3. Yoon

    Apesar de não comentar todos os seus posts, muitos deles me fazem refletir. Nunca tinha refletido dessa forma, que a miopia (que tenho desde os 14 anos) fosse parte de mim. A cirurgia já está descartada, há tempos. Mas não sou muito fã de óculos, nem de lentes de contato, muito menos de ter que dilatar a pupila uma vez por ano….rs. Já que não tem outro jeito, vou começar a prestar a atenção, como eu (não) enxergo o mundo. Lindo o post, linda a foto. Parabéns! bj

    Resposta
  4. KIKKS

    essa flor especial (chama-se “everest” segundo a Tamako, uma amiga que faz lindos ikebanas) chegou às minhas mãos por pessoas queridas em dois aniversários meus… e agora por você! bom ter você pertinho, mesmo que por telefone

    Resposta
  5. Pat

    Dani,
    seu texto me fez lembrar Wim Wenders no document√°rio Janela da Alma: “I need a frame”. Fui m√≠ope durante 25 anos, operei e a maior felicidade foi ir ao mar e n√£o ter que ficar marcando o ponto de entrada por sombrinhas coloridas ou constru√ß√µes vistosas. Tamb√©m √© legal entrar na piscina sem lentes e enxergar bem🙂 Mas fui resistente a operar por um bom tempo, por motivos pr√≥ximos aos seus. beijos e bom 2011 proc√™ e pro Gui!

    Resposta
  6. Flávia

    Oi Dani!

    Amei o texto! Tb sou míope há muuuuuito tempo e nem cogito cirurgia.
    O blog está demais!
    Já comecei a contagem regressiva…falta tanta coisa para ver…!!! Já tô ficando doida! Kkkkk….
    Bjs e parabéns!
    Flávia.

    Resposta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s