Arquivo da tag: bastidores

com um sorriso no rosto

Um dos passatempos do Gui (como se a gente tivesse muito tempo sobrando…) é me fotografar trabalhando (sei lá, deve ser o amor, né?). Certamente pode ser divertido (desde que a foto não envolva caretas, porque ninguém merece se ver no seu pior momento!) … às vezes eu tento me esconder e não consigo!

Acho que eu estava fazenda esta foto aqui:

E olha como a vida é difícil, quanta concorrência… rsrsrs, brincadeira, eu não ligo, acho bem legal na verdade (desde que ninguém me peça para incluir no álbum aquela foto escura e sem foco que a sua tia fez…)

Não fui eu que dei a idéia, não, elas que queriam agarrar o noivo… rsrsrs

Confesso que com minha calça nova da Le Lis Blanc me dói um pouquinho fazer isso (mas faço o que for preciso para conseguir a foto que eu quero)…

gente sem noção

Essa história é antiga, acabei não escrevendo sobre isso na época em que aconteceu, mas lembrei dela ao rever as fotos de um casamento cujo álbum estou editando. Cenário: salão de beleza chique cheio de noivas. Noiva e madrinhas conversando e dando risadas enquanto fazem suas respectivas maquiagens. Bom, noivas são como magnetos, atraem a atenção de todo mundo. Só que tem gente que não se contenta em perguntar onde vai ser o casamento, que horas, essas coisas, conta o seu. Até aí, tudo bem, era o que os ingleses chamam de small talk, só que ao invés de falar do tempo estavam falando de festas. Eis que o maquiador começa a fazer a maquiagem da noiva de lindos olhos azuis, alta, magra, podia ser modelo. A moça coadjuvante não se contentou em bater papo com as madrinhas, se achou no direito de criticar a maquiagem incrível que estava sendo feita: “acho que não tem nada a ver noiva com olho preto”. Não acreditei! Pura inveja, a noiva estava linda, com seus incríveis olhos azuis mais azuis ainda. Pensa que parou aí? Muito tempo depois, na hora que o cabelo estava ficando pronto, a criatura se postou numa posição em que não eu tinha como não vê-la no espelho. Eu não tinha o que fazer, tinha espelho por todo lado, ou eu sumia do enquadramento ou ela. O resultado é uma foto que mostra a fulana desfocada ao fundo, dando uma olhada invejosa final na noiva bonitona. Pode?

bastidores

Fotografar a noiva se arrumando pro casamento já é de praxe. Mais recentemente, os noivos estão nos dando a chance de ver o que eles aprontam antes da hora do sim. Não tem nada a ver com a idéia de fotografar o noivo tomando banho de espuma e fazendo a unha, não. O que a gente quer é contar em imagens o que aconteceu naquele dia, dar a chance da noiva ver o sorriso do noivo se divertindo com os amigos na mesa de bar (se ele for fazer unha, ok, a gente fotografa o que está rolando!). Mas esse post na verdade é sobre fotografar coisas que geralmente ninguém vê. Num outro post, mostrei algumas imagens da decoração de uma festa numa fazenda. Pois é, nós chegamos tão cedo nesse dia – e a noiva não queria ser fotografada enquanto não estivesse pronta – que sobrou tempo pra checar o que estava rolando nos bastidores da festa. O Gui fez várias imagens da Nina Horta e companhia preparando os quitutes e curtindo as jaboticabas. Descobri que ela escreveu sobre esse dia na sua coluna na Folha.

crw_1143.jpg

crw_1178.jpgcrw_1176.jpgcrw_1179.jpgcrw_1202.jpgcrw_1206.jpg