Arquivo da tag: Contemporâneo

larissa + gian • contemporâneo

Volta e meia algum amigo me pergunta se não cansei de fotografar casamentos “porque eles são todos iguais”. Eu sempre dou risada disso, porque a verdade é que nenhum casamento é igual ao outro, jamais. Claro que há a tradição, os rituais, mas a história dos noivos é sempre o mais importante. Casamentos tem a personalidade do casal e é no detalhe que mora a diversão do fotógrafo.

E quais foram os detalhes mais bacanas desse casamento? Eu amei a boca vermelha da noiva, o noivo de terno Alexandre Won, a irmã caçula que foi daminha, as luzinhas da cerimônia e, mais que tudo, os carinhos e beijos que esse casal tímido trocou durante a festa (pensando que ninguém estava olhando, talvez?). Como é lindo o amor, do jeito que for.

01 02 03 05 06 04 07 08 10 11 12 13 14 15 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37´ 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52• cerimônia e festa no Contemporâneo , tudo organizado pela Camila Relva, da Compagnie. Make up e cabelo por Ed Oliveira.

fernanda + edgard • contemporâneo

Sabe aquela história de que a gente nunca sabe o que pode acontecer ou quem pode encontrar quando sai de casa? Pois é, com eles foi bem assim. Se conheceram em uma fila para comprar ingressos para um show; ele comprou o último, ela ficou sem. A história deles poderia ter acabado aí, não fosse uma amiga altruísta doar seu ingresso para a amiga que tanto queria ir ao tal show. Essa amiga estava trabalhando para o Cupido e nem sabia… Encontraram-se por acaso (ou por destino), deram risada pela história do último ingresso e alguma coisa aconteceu ali. Oito anos se passaram até o dia do casamento e tenho certeza que o encantamento entre esses dois ainda é o mesmo.

01-IMG_9894 04-IMG_3702 vestido de noiva Maison Kas vestido de noiva Maison Kas vestido de noiva Maison Kas 06-IMG_0285 casamento judaico Contemporâneo casamento judaico Contemporâneo 20-IMG_0419 casamento judaico Contemporâneo 11-IMG_2027 12-IMG_0513 13-IMG_7865 14-IMG_7942 casamento judaico Contemporâneo 26-IMG_1310 25-IMG_2423 16-IMG_0742 17-IMG_0763 18-IMG_0842 19-IMG_0938 22-IMG_0994 23-DSC_4677 24-IMG_2372 casamento Contemporâneo Fernando Rios ©Daniela Picoral 28-IMG_2501 casamento Contemporâneo Daniela Picoral 29-IMG_2506 casamento Contemporâneo ©Daniela Picoral 34-IMG_2660

• vestido Maison Kas, cabelo e maquiagem C.Kamura, festa no Contemporâneo com show sensacional do Fernando Rios.

paula + roberto • contemporâneo

Tenho me tornado um tanto repetitiva dizendo como este ano está sendo maravilhoso. Mas o que eu vou fazer se eu só tenho fotografado festas tão legais? Eu sempre digo que é uma honra ter sido escolhida para documentar um dia tão importante e é exatamente assim que eu me sinto, honrada. E satisfeita, claro, porque se eu estou ali é porque meu trabalho tem emocionado as pessoas.

Eu tenho pensado muito sobre como fotografar casamentos é uma troca. Eu participo de um dia com uma energia incrível e em troca produzo imagens; essas imagens, por sua vez, ajudam essa energia, esses sentimentos a ganharem vida outra vez e, emocionando, me levam a participar de mais um dia assim, com outras pessoas. É uma coisa bonita, especial. Foi assim nesse dia. Noiva se arrumando com muitas madrinhas, muita conversa, muitas risadas, um fim de tarde lindo. E que sorriso! E como não se emocionar com o beijo do irmão na porta da igreja, antes de levar a irmã ao altar? Só posso me sentir privilegiada de ser a testemunha que vê isso tão de perto. A cerimônia do Reverendo Aldo foi linda (ele é sensacional), leve, com muitas risadas e aquele momento de emoção que quase leva às lágrimas. Acho que é assim que a vida tem que ser, não é?

raquel + rafael • nossa senhora do brasil + contemporâneo

Volta e meia eu faço alguma piadinha com as noivas que me escrevem com muito antecedência, tanta antecência que eu ainda nem abri a agenda (tipo receber pedido de orçamento em agosto de 2012 para um casamento no final de 2014). Eu acho um pouco de graça (agora que tenho um filho sempre penso coisas do tipo “nossa, falta tanto tempo que Felipe vai ter 3 anos”) mas sei como são essas coisas: é um pouquinho de ansiedade, uma pitada de planejamento e um bocado de sonho. Às vezes a pessoa não volta a me escrever quando peço que entre em contato novamente no começo do próximo ano, mas quando elas voltam a entrar em contato, pode ter certeza que entram pra turma das noivas mais queridas.

Foi assim com a Raquel. Ela escreveu, eu não tinha aberto a agenda, ela escreveu de novo, nos encontramos, fechamos. Tudo bem lá atrás, tanto que eu não lembrava bem dela, a não ser pela impressão de uma moça bonita e animada. Então marcamos uma reunião pouco antes do casamento e eu me dei conta que a moça não é apenas animada, é ligada no 220! Foi um reencontro divertidíssimo, com o Felipe no colo e muitas risadas.

A Raquel que eu conheci é assim, energética, dessas pessoas que te contagiam e fazem a gente sorrir. A gente ficou mais de ano sem se falar e daí eu chego na casa dela e me sinto totalmente à vontade. Sem nervosismo, sem ansiedade, só alegria e curtição. Uma noiva curtindo cada segundo desse momento de tornar-se noiva. Delícia de participar de um momento assim. Não me canso de dizer, é muito especial ter sido escolhida para cuidar da memória de um dia assim. Foi tudo lindo, do começo ao fim. Um fim que é só o começo.

• a cerimônia foi na Igreja Nossa Senhora do Brasil e a festa no Contemporâneo, animada pela banda SOS.

priscila + andré • contemporâneo

O amor une pessoas, histórias, culturas e crenças. Foi a primeira vez que fotografamos uma cerimônia ecumênica e foi muito emocionante! Tudo foi lindo, delicado, sincero. Acho que o mais bacana de uma cerimônia assim é que se pode juntar em um mesmo momento o que há de mais belo em cada cultura. Um dos momentos mais emocionantes desta noite foi ouvir o rabino ler o que os noivos escreveram um sobre o outro alguns dias antes da cerimônia. Dá pra imaginar a choradeira, né? Eu sou sempre a favor desses momentos pessoais durante a cerimônia, votos, palavras que vem do coração, noivos olhando nos olhos um do outro. É intenso, é sincero, é belo. E depois muita festa, como não podia deixar de ser!

• a festa foi no Contemporâneo, organizada pela Lizie da MS Eventos Especiais. A noiva se arrumou no hotel Hyatt. Mais uma vez contei com a colaboração da querida Juliana Neumann (é de sua autoria a foto 14), que fotografou a balada ao lado do Gui.

renata + guilherme

Tem sempre uma pessoa que é a pessoa mais nervosa no dia do casamento. Ao contrário do que as pessoas imaginam — pelo menos na minha experiência — a maioria das vezes não é a noiva. Já encontrei noivos quase em pânico, mães beirando um piripaque e pais apavorados com a ideia de levar a filha até o altar. Claro, vez ou outra a noiva está bem nervosa e acaba nem curtindo muito os momentos dos preparativos. Esta deve ter sido uma das primeiras vezes que eu vi noivo e noiva em igual estado de ansiedade! Não é que a Renata não tenha sorrido durante os preparativos, mas ela estava tão nervosa que dava pra perceber a tensão em seu corpo. Enquanto esperava a entrada da noiva no altar, Guilherme parecia mal conseguir respirar. Felizmente, aos poucos a tensão toda foi passando durante a cerimônia e eles foram só sorrisos um para o outro, a noite inteira. Aquela tensão toda? Virou energia pra pista de dança.

juliana + felipe

O momento em que encontrei com Juliana no cabeleireiro foi exemplar de como este seria um dia intenso. Sentada na sala de maquiagem — iPad na mão, fone no ouvido — ela lutava para não chorar e borrar a maquiagem. No seu colo, uma caixa com presentes: duas jóias em meio a chocolates como os do primeiro presente no comecinho do namoro. E o Ipad? Para que ela revisse o momento em que foi pedida em casamento, gravado em segredo. Deu pra ter uma ideia de como é maravilhoso esse noivo?

Maravilhosa também é a noiva. Tranquila, simpática, feliz. Um casal muito apaixonado e muito carinhoso como todos ao seu redor. Eles tem tanto amor que não guardam só pra si, distribuem pra todo mundo! Eu e o Gui nos sentimos muito especiais, escolhidos a dedo para partilhar desse momento. A cerimônia foi bonita, com votos vindos do coração. A noiva falou de improviso e o noivo, — nervosíssimo, com a mão tremendo muito — leu uma linda declaração de amor.  Foi bonito, foi sincero e eu precisei me concentrar pra não chorar. E assim também foi a festa, muito alegre, muito feliz do jeito que tem de ser.

• a noiva se arrumou no Persil & Co. e a festa foi no Contemporâneo. Quem cuidou da organização impecável de tudo foi a Marina da Coordinare.