Arquivo da tag: Fazenda Vila Rica

catarina + mateus • fazenda vila rica

Eu sempre publiquei os casamentos em ordem, mas estou tão apaixonada por este trabalho (que está a caminho da noiva em uma caixinha) que quebrei minhas próprias regras e parei tudo o que estava fazendo para não perder meu entusiasmo. Talvez o post tenha ficado um pouco grande por causa disso, mas não consegui me conter, esse casamento tem tudo do que a gente mais gosta: um lugar lindo e perfeitamente decorado, aquela luz maravilhosa e um casal apaixonado. Não bastasse isso, 11 daminhas e pajens enfeitando o altar, votos escritos pelos noivos fazendo muita gente chorar e uma primeira dança com a coreografia de Dirty Dancing. Dá para não se entusiasmar?

01 02 03 04 05 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87

maria + damian

É sempre um prazer fotografar na Fazenda Vila Rica. A gente começa mais cedo, tem que viajar, mas o clima lá é sempre tão gostoso, aquele sol, aquela tranquilidade do campo, noiva e madrinhas se arrumando todas juntas com aquela luz linda entrando pelas janelas, o pessoal da cenografia terminando a montagem do lado de fora. Casamentos no campo tem um ar diferente, e eu adoro.

Este casamento foi assim, delicado e feliz. A começar pelo tempo bom depois de uma semana de chuva e céu nublado. O dia estava lindo, a noiva tranquila, as daminhas orgulhosas, a decoração perfeita. Sem atrasos, a cerimônia foi no final do dia e tivemos tempo de pegar um restinho de luz para fazer uma foto em frente à casa com família e padrinhos todos juntos (o que é bastante raro, pois na maioria das vezes não temos espaço para isso). Com o cair da noite, pista de dança animada e noivos muito sorridentes. Pegamos a estrada de volta pra casa cansados e felizes com a certeza de que mais uma vez guardamos em imagens uma linda história de amor.

alessandra + hans peter

*suspiro*

Não encontrei a onomatopéia correta para começar este post. Como expressar um suspiro daqueles que soltamos quando vemos um sonho virar realidade? Sério, este casamento foi daqueles saídos de contos de fadas! Uma noiva delicada e graciosa, um noivo bonitão e um cenário naturalmente belo e perfeitamente decorado (mais uma vez a Fazenda Vila Rica, desta vez com Rubens Decorações). O dia estava lindo, uma luz “alegria de fotógrafo” incrível. Quando vi o vestido da noiva pendurado na entrada do quarto sabia que ia me dar bem, que coisa mais linda, meu primeiro Vera Wang! Alessandra estava bastante ansiosa, mas não tão nervosa a ponto de não conseguir curtir o dia. Ainda bem, seria um desperdício perder a chance de fotografá-la naquela luz tão bonita. A cerimônia foi toda em português e alemão (o noivo é austríaco), entre as palmeiras imperiais, começou ainda de dia e terminou à noite (acho que as madrinhas e seus saltos altos a acharam um pouco longa…). Para mim o ponto alto do casamento foi os noivos dançando a valsa Danúbio Azul comme il faut, lindo demais! E assim foi a festa, um pouco de Aústria – na valsa, na loirice dos convidados, no alemão falado, nos chocolatinhos Mozart ao lado do café (perdição!) – e um tanto de Brasil – na exuberância do paisagismo da Fazenda, nas flores da decoração, na comida da Neka, nos bem-casados, na bateria da Rosas de Ouro, na animação da pista de dança… Uma festa à altura do encontro desse casal lá num canto distante do mundo há sete anos!

milene + rodrigo

“Foi uma paixão avassaladora.” Assim Milene começou a me contar o que aconteceu quando eles se conheceram há uns 2 anos. Ela nem precisaria dizer nada, dá para ver na maneira como esses dois se olham: são um casal perdidamente apaixonado. O cenário para a celebração desse amor não poderia ter sido mais perfeito: a maravilhosa Fazenda Vila Rica (sim, de novo lá e este fim de semana tem mais um, oba!), lindamente decorada pela Copo de Leite e com todos os detalhes pensados pelas meninas da Cheers. O dia estava lindo depois de uma semana de chuvas e nem frio fez…

• o vestido da noiva é Cymbeline.
• tem tanta foto bonita da decoração que eu acho que vou fazer um post só sobre isso…

marina + arthur

A semana anterior a esse casamento foi de muita ansiedade. Só chovia, chovia, chovia. E que injustiça seria se chovesse em um lugar tão lindo! Nada contra a chuva, mas quando se casa a céu aberto, tudo o que se espera é que não seja preciso mudar nada de lugar no último momento. E seria realmente uma pena se perdéssemos o visual da cerimônia entre as palmeiras imperiais. Quando acordei no sábado, o dia estava muito feio em São Paulo. Não chovia, mas fazia frio e o céu estava escuro. A previsão do tempo prometia que aqui estaria chuvoso mas que no interior as nuvens apenas enfeitariam o céu. Pegamos a estrada e foi com alívio que sentimos o sol nos aquecer dentro do carro antes mesmo de chegarmos a Jundiaí. Na Fazenda Vila Rica, o sol brilhava e todos estavam animadíssimos. A cerimônia foi no horário, fato importantíssimo se você quiser que suas fotos sejam iluminadas pela luz do fim de um dia surpreendentemente bonito. Acho que foi o dia mais longo de nossa história como fotógrafos de casamento; saímos de casa às 13h e chegamos de volta às 6h do dia seguinte! É que a festa teve “dois turnos”: o DJ contratado cuidou do som até às 2h30, depois quem assumiu as pick ups foram os amigos do casal, que mandaram muito bem no tecno (tocaram algumas de minhas músicas favoritas) e – ouvi dizer – mantiveram o povo dançando até às 7h!